apoio a Michele Maximino

5148_10200093381537530_934696126_n

No dia 3 de outubro, Danilo Gentili chamou a pernambucana Michele Rafaela Maximino de “vaca”, por ser a maior doadora brasileira de leite materno. Também a comparou com o ator pornográfico Kid Bengala, numa clara confusão de valores. O humorista acha que amamentar é um ato pornográfico e que o leite materno pode ser comparado ao sêmen? Ele acha que doação de leite e masturbação são atitudes comparáveis?

Nos dias que se seguiram ao programa, Michele passou a ser apontada nas ruas da cidade em que mora, no interior de Pernambuco, com os dizeres “Olha a vaca do Gentili”, entre outros xingamentos.

Imagine que você amamenta sua filha e percebe que sua produção de leite é maior do que a demanda dela, que você pode doar o que sobra. Imagine que você se dá o trabalho de tirar e armazenar o leite, e de dirigir 80km até o Banco de Leite Humano mais próximo, para que bebês nascidos prematuros e em situação de risco, que não podem ser amamentados pelas mães, tenham acesso a esse leite que é o mais saudável para eles, e que, em muitos casos, salva vidas. Agora se imagine sendo chamada de “vaca” em rede nacional e apontada pelos outros na rua, por conta da sua atitude altruísta.

Piada? Você achou engraçado?

Quem é mãe sabe que o estado emocional afeta e muito a produção de leite materno. Michele já chegou a doar mais de 351,8 litros de leite, e tirava cerca de 1,5L de leite por dia. Agora está tirando menos de 500ml, e pensa em parar de doar.

Estou escrevendo esta mensagem pra pedir a Michele que não desista. Sei que deve ser muito duro o tipo de ofensa que está sofrendo, mas a importância da generosidade dela é maior. Não deve se deixar abater porque um pseudo-humorista achou que fazer piada diminuindo os outros e difundindo a misoginia daria ibope. De fato deu, mas existe outro ibope também alcançado por seu ato: os portais noticiaram e a internet está divulgando, e o apoio em massa é a ela. A importância da doação de leite está sendo divulgada. Isso é bom!

E se aproveitarmos para ampliar ainda mais o alcance dos atos dela? Pra incentivar outras pessoas a doar e, ainda, incentivar as mães a amamentarem, que é difícil, mas o leite materno é importante pro bebê. Pra mudar essa mentalidade machista que ainda acha que amamentação é um ato libidinoso, que deve ser escondido.

É por conta dessa mentalidade machista que mulheres são proibidas de amamentar em shoppings, bancos e outros locais públicos. Isso é surreal! Amamentar é natural, é do humano, é saudável, e é um ato de amor. Doar é ainda mais incrível: um ato de amor ao próximo, sem discriminação; um próximo desconhecido, seja ele quem for. Não deveria ser condenado, proibido ou ser motivo de escárnio sob nenhuma circunstância.

Precisamos mudar essa cultura. Fazer entender que amamentar é natural, que faz parte de nós!

Deixe os Danilos falarem. Eles não importam. Eles não entendem.

Afinal, somos TODAS vacas. Somos todas mamíferas!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s