o melhor presente

eu e guga_1

Sabe esses momentos em que, repentinamente, a emoção extravasa, ultrapassa qualquer razão, e – se é que isso é lógico – por um instante a vida faz sentido?
Ontem meu pequeno completou 9 meses de vida. 9 meses com ele na barriga. 9 meses com ele fora dela.
9 meses como mãe desse menino lindo. Aprendendo com ele todos os dias – a ser mãe, a ser eu, a ser uma pessoa melhor.
Em um momento só nosso, o peguei no colo e rodopiamos, dançamos, rodando, ele rindo aquela risada gostosa que é só dele, e eu rindo também, conversando com ele em voz alta:
“Você sabe que a mamãe te ama muito, né, filho? Sabe?? Mas como?? Eu aqui disfarçando tanto…”
Risos… Risos meus e risos dele…
E, de repente, aquele pranto! Arrebatador, desses que nos tomam de repente, que não tem como segurar… E que vem da certeza:
Nada pode ser melhor do que ser mãe desse garoto. Nada.
Faz 9 meses, eu ganhei esse presente.
O melhor presente do mundo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s